01/11/2010 | Cultura

Conheça bons títulos para seus filhos

por Redação

No livro De mãos dadas (Editora DCL, R$ 31,00, 32 páginas), a escritora e ilustradora Ingrid Biesemeyer Bellinghausen adapta os dez princípios da Declaração Universal dos Direitos da Criança para a linguagem infantil. Com a obra - que está em sua segunda edição -, é possível descobrir como é gostoso ser criança. 

Em Férias na Antártica (Editora Peirópolis, R$ 42,00, 72 páginas), as autoras Laura, Tamara e Marina Helena, a Marininha, filhas do navegador Amyr Klink, juntamente com a fotógrafa Marina Bandeira Klink, narram as descobertas e lembranças das cinco expedições ao continente antártico, que fizeram acompanhando os pais, e a diversidade de um ecossistema conhecido por poucos. As meninas relatam de forma divertida e empolgante as melhores aventuras e histórias das suas viagens à Antártica.

Servindo-se de humor, com a proposta de divertir e ao mesmo tempo incentivar o aprendizado, o livro Como falar a língua zumbi (Editora Prumo,  R$ 44,90, 20 páginas), do autor americano Steve Mockus, ensina o pequeno leitor a escrever e pronunciar o "idioma" dos zumbis, seres enigmáticos que assombram os contos e lendas urbanas há muitos anos, utilizando módulo sonoro como recurso à estimulação da percepção auditiva, e as imagens divertidas do ilustrador Travis Millard. 

A obra de Luciana Savaget, O dia em que o mundo acabou (Editora Prumo,R$ 28,90, 32 páginas), conta a história de uma lebre que espalha o pânico por uma floresta ao afirmar que a Terra está rachando e o mundo vai acabar. A narrativa da obra tem um clima fantástico, e as ilustrações de Nilton Bueno evocam uma atmosfera onírica que ajuda a dar personalidade ao livro.

A menor ilha do mundo (Editora Peirópolis, R$ 36,00, 48 páginas), traz uma história de segredos e amizade. A psicóloga e psicanalista Tatiana Filinto, com ilustrações da psicóloga e educadora Graziella Matta, aborda na obra a importância de uma verdadeira amizade aliada à confiança. A ilha começa a afundar por conta de um segredo que não consegue dividir. As consequências disso podem ser desastrosas.

Envie seu comentário

*Seu nome:
*E-mail (não será publicado):
Site (inclua o http://)
*Comentário:
*Preencha a resposta:
* campos obrigatórios. Os comentários
são mediados, portanto, aguarde
a liberação.

Comentários nesta matéria:

Seja o primeiro a comentar! Use o formulário ao lado e participe!

 

 

 


Você pode copiar e redistribuir o conteúdo da Revista Mais Capital desde que mantenha os créditos.
  EXPEDIENTE